Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A aplicação da adenosina desaminase (ADA) no diagnóstico da tuberculose pleural: relato de caso.

Fundamentação/Introdução

A tuberculose (TB), é uma doença endêmica, principalmente em países em desenvolvimento, gerando um grande problema de saúde pública. A tuberculose pleural, se destaca como a forma mais frequente dentre as formas extrapulmonares, todavia seu diagnóstico é uma tarefa difícil.

Objetivos

Relatar um caso clínico, cuja dosagem da ADA no líquido pleural foi fundamental para o diagnóstico e tratamento precoce.

Delineamento/Métodos

Estudo observacional do tipo relato de caso.

Resultados

A.B, masculino, 37 anos, previamente hígido, iniciou há duas semanas quadro de tosse produtiva com expectoração esverdeada, associada à febre vespertina e dor torácica ventilatória dependente. Relata que fez uso por cinco dias de amoxicilina com clavulanato, sem resposta satisfatória. Ao exame físico apresentava-se, orientado, afebril, eupneico, hipocorado e ausculta respiratória com murmúrio vesicular abolido em 2/3 do hemitórax direito. A tomografia de tórax evidenciou derrame pleural de aspecto loculado à direita, com atelectasia de grande monta; no parênquima remanescente ipsilateral, observavam-se nódulos centro lobulares, configurando árvores de brotamento, sugerindo processo inflamatório/infeccioso e formações de consolidações alongadas. Sorologias para HIV e hepatites virais negativas. Pesquisa de bacilo álcool acido resistente (BAAR) três amostras negativas. Foi realizado toracocentense com drenagem de líquido citrino e análise do líquido pleural que identificou: glicose 77, proteínas totais 3,88, hemácias 340, leucócitos 15, polimorfonucleares 0%, monomorfonucleares 100%, ADA 70,4 e desidrogenase láctica (DHL) 501; cultura e pesquisa para fungos negativa; aspirado evidenciando pequeno número de linfócitos, negativo para células malignas, ausência de células mesoteliais e de organismo específicos. As manifestações clínicas juntamente com as imagens radiológicas e o valor da ADA acima de 40, sugeriram fortemente o diagnóstico de tuberculose pleural. Foi iniciado tratamento específico, realizada a notificação compulsória com melhora significativa do paciente.

Conclusões/Considerações finais

Diante da alta prevalência de TB e da baixa sensibilidade das ferramentas diagnósticas para a tuberculose pleural, e imprescindível a busca de novos métodos diagnósticos, rápidos, eficientes e que tenham um bom custo efetividade, sem necessidade de grandes investimentos. Nesse cenário a ADA, vem ganhando cada vez mais relevância, como método complementar no diagnóstico de tuberculose pleural.

Palavras Chaves

Tuberculose, ADA.

Área

Clínica Médica

Instituições

Autores

Fabiana Rocha Brito, Daniella Cristina Brites Almeida, Luiz Paulo Nunes Ferreira Tomaz, Priscilla Delchova Brito, Icaro Wiermann Braga


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017