Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Acometimento de múltiplas vertebras não contínuas por espondolodiscite

Fundamentação/Introdução

A espondilodiscite, um termo que engloba osteomielite vertebral, espondilite e discite, é a principal manifestação da osteomielite hematogênica em pacientes com mais de 50 anos. Etiologicamente, a infecção da coluna vertebral pode ser classificada como piogênica, granulomatosa (tuberculose, brucelose ou infecção por fungos) ou parasitária. O Staphilococcus aureus é o patógeno predominante, representando cerca de metade dos casos não tuberculosos. O diagnóstico é difícil e com base em sintomas clínicos, uma combinação velocidade de hemossedimentação com testes de proteína C-reativa e, menos útil, leucocitose, sendo muitas vezes atrasado ou não realizado devido à raridade da doença e à alta freqüência de dor lombar na população em geral.

Objetivos

Reportar um caso de espondilodiscite com acometimento simultâneo de vertebras lombares e cervicais , sendo tal apresentação incomum na literatura médica.

Delineamento/Métodos

Paciente masculino de 64 anos, com histórico de trauma e longo período de acamado desenvolvendo úlcera de pressão. Procurou atendimento médico devido queixas de dor lombar, retenção urinária e febre. Foi diagnosticado com infecção do trato urinário, seguindo para avaliação de acometimento renal foi solicitado ultrassom de abdômen total. O qual, evidenciou abscesso intrapsoas esquerdo com volume de 45,0 ml em intimo contato com coluna vertebral. Posteriormente para esclarecimento de dor lombar e cervical foi realizada ressonância magnética de coluna vertebral, com diagnostico de espondilodiscite nos dois níveis.

Resultados

Ressonância nuclear magnética demostrando áreas de edema comprometendo corpos vertebrais de C5, C6, C7, L2 e L3 compatível com processo inflamatório/infeccioso e formação de coleções dispersas no músculo psoas maior e topografia do disco intervertebral C4-C5. Mediante tal achado caracteristico de espondilodiscite, hemocultura positiva para Sthaphylococcus aureus e PPD não reator, optou-se por seguir tratamento apenas com oxacilina por 6 semanas.

Conclusões/Considerações finais

Esse relato descreve acometimento de múltiplas vertebras não continuas, sendo essa descrição é extremamente rara na literatura.

Palavras Chaves

Área

Clínica Médica

Instituições

Hospital Guilherme Álvaro - Sao Paulo - Brasil

Autores

Gabriela Francis Simão, Edgar Rossi Depieri, Gabriel Pavani Patriota, Bianca Gazolla Mendonça, Bruno Pompeu Marques


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017