Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Alcaptonúria: Artropatia Ocronótica – Relato de Caso

Fundamentação/Introdução

A alcaptonúria, ou ocronose, é um erro inato, e extremamente raro do metabolismo, que provém da mutação do gene que codifica a enzima Ácido Homogentísico Oxidase, transmitido de forma autossômica recessiva. Resulta em depósito do ácido em tecidos conjuntivos, gerando artropatia ocronótica, pigmentações anômalas de várias cartilagens e urina enegrecida.

Objetivos

Relatar um caso característico de alcaptonúria com ênfase nas manifestações clínicas e dificuldades diagnósticas.

Delineamento/Métodos

O.P.V., 50 anos, masculino, branco, fazendeiro, deu entrada em serviço de clínica médica do hospital de referência do norte do Tocantins queixando-se de lombalgia de longa data, progressiva, que piora com a movimentação levando a limitação funcional, associada à artralgia bilateral de ombro e joelho. Refere desde o nascimento, apresentar urina enegrecida e máculas azuladas em dorso das mãos, cartilagem nasal e ouvido externo, com período de remissão e recorrência. Observou esperma enegrecido na adolescência. Relatou ter irmão gêmeo bivitelínico com quadro similar. Ao exame físico, apresenta máculas azuladas em mãos, ouvido externo e cerume enegrecido; dor à movimentação em articulações sacroilíacas; teste de Schöber simples positivo (menor que 5 cm).

Resultados

Ressonância Magnética (RNM) de coluna evidenciando degenerações na coluna lombossacra, calcificações ligamentares e alterações discais. RNM de joelho apresentando osteoartrose, osteocondromatose (múltiplos corpos intrarticulares), alterações degenerativas e lesões ligamentares. Paciente encaminhado ao serviço de ortopedia, onde foi indicada a realização de Artroplastia da articulação coxofemoral esquerda com prótese. A peça cirúrgica apresentava coloração ocre circular na cabeça do fêmur e desfragmentação linear da face interna desta. Enviada para exame anatomopatológico onde foi inconclusivo. Acompanhante relata que a peça foi encaminhada para um centro de pesquisa regional, do qual retornou após um mês com o diagnóstico de Alcaptonúria. Atualmente, o paciente faz acompanhamento ortopédico e reumatológico regular, e tratamento para manutenção da doença com Vitamina C e Zinco 200.

Conclusões/Considerações finais

A Alcaptonúria é uma doença pouco conhecida na comunidade científica, devendo ser suspeitada por ter uma variedade de achados característicos. O conhecimento prévio e o diagnóstico precoce diminui a morbidade, sobretudo, pela artropatia ocronótica que é irreversível e traz grande impacto na qualidade de vida do paciente.

Palavras Chaves

Alcaptonúria; Manifestações Clínicas; Ocronose;

Área

Clínica Médica

Instituições

Centro Universitário Norte Brasil - ITPAC - Tocantins - Brasil

Autores

Ana Barbara Feliciano Souza Santos, Arthur Antunes Silva Castro, Aldo Lainetti, Thieres Andriolle dos Santos Mendonça, João Victor Pereira Gomes


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017